segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Objetos de Belo Horizonte (MG)


     Olá! Durante o último fim de semana eu estive novamente em Belo Horizonte e em Inhotim pela primeira vez, isso por conta de um trabalho de campo organizado pela professora Luciene Lehmkuhl e pago pela UFU. 
     Nessa segunda postagem de hoje eu venho mostrar os poucos objetos que eu adquiri em Belo Horizonte. Na primeira vez que eu estive em BH eu comprei bem mais coisas, por isso dessa vez eu acabei trazendo só o que me chamou atenção. Já em Inhotim eu não comprei nada por conta dos valores exorbitantes das mercadorias. Realmente foi uma pena.
     Veja abaixo as coisas que eu comprei dessa vez e suas respectivas descrições:


Mini colheres de pau. Além de serem bons objetos de decoração, elas ainda servem como colheres de café.


Mini garrafas de madeira. Comprei para usar como objetos de decoração na minha estante mesmo.



Chaveiro com a inicial do meu nome. É possível também encontrar chaveiros com todas as outras letras.



Por fim todos os objetos acima foram comprados no Mercado Central de Belo Horizonte com exceção desses marcadores de página que são distribuídos gratuitamente no interior da Igreja de São Francisco de Assis na Lagoa da Pampulha. Até mais.


Electra Heart - Marina and the Diamonds


     Olá! Na primeira postagem de hoje eu decidi falar sobre o álbum "Electra Heart" da Marina and the Diamonds, lançado em 2012, mas que eu adquiri recentemente.
     Eu conheci e gostei de algumas músicas (os singles) que ela lançou em 2012, mas não o suficiente para comprar o álbum todo dela. Dois anos depois ela lançou a música "FROOT" que me conquistou imediatamente e me fez pesquisar um pouco mais sobre ela. Após ouvir todas as músicas do "Electra Heart" e depois descobrir que ela é a principal compositora delas, eu me senti quase que na obrigação de ter esse álbum rsrs.
     De acordo com o meu ponto de vista, Marina parece brincar com as palavras ao escrever suas músicas já que nelas as palavras parecem se encaixar de forma quase perfeita, por conta disso esse álbum foi uma das minhas maiores surpresas nesse ano apesar de ele ser de dois anos atrás.
     Minhas músicas preferidas desse CD são "Teen Idle" (que marina escreveu sozinha), "Lies", "The State of Dreaming" e "Valley of the Dolls". Para ver o encarte completo dele clique aqui. Até mais.






segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Objetos do Rio de Janeiro (RJ)


     Olá! Na segunda postagem de hoje eu trago ao Roger's Stuff os objetos que eu comprei como suvenires no Rio de Janeiro para presentear a minha família e amigos.
     Eu fiz essa viagem juntamente com minha turma por conta da Universidade Federal de Uberlândia e devo dizer que essa foi a segunda melhor viagem que eu fiz até hoje. A cidade do Rio de Janeiro possui lugares incríveis, mas também é fortemente marcada por pontos negativos, no entanto, minha intenção com esse post não é promover essa discussão.
     Tratando-se de suvenires, o Rio é um lugar repleto de possibilidades: achei várias lojinhas e barraquinhas vendendo chaveiros, ímãs de geladeira, canetas, calendários, canecas, etc. No que tange aos preços as possibilidades também são múltiplas, mas devo dizer que há barraquinhas que vendem suvenires mais em conta, é uma questão de pesquisar.
     Abaixo estão as fotos dos objetos que eu comprei e suas respectivas descrições. Para ver as fotos com maior qualidade clique sobre elas ou abra-as em nova aba/guia. 


Calendários com diversos pontos turísticos do Rio. Quando o ano terminar é só descolar o calendário e usar a imagem como ímã de geladeira.


Diversos ímãs de geladeira.


Detalhe para esses que são pequenas garrafinhas preenchidas com areia formando uma imagem.




Acima está o copo de dose com estampa de Copacabana


E aqui estão os diversos chaveiros que eu comprei. Os meus preferidos são esses de vidro super bem acabados e que ainda acendem. Em seu interior vemos o Cristo Redentor, o bondinho do Pão de Açúcar e o Maracanã. Veja mais detalhes dele nas fotos abaixo. Até mais.





1989 - Taylor Swift


     Olá! Esta postagem era para ter sido feita no dia 27/11, mas não deu por conta da minha viagem ao Rio de Janeiro, assim sendo, ela será minha primeira postagem de hoje.
     Nessa postagem eu quis trazer o mais novo CD da Taylor Swift: "1989". Essa é a primeira vez que eu parei para ouvir e decidi comprar algo da Taylor Swift, ou seja, essa foi a primeira vez que seu trabalho chamou minha atenção.
     Eu decidi comprar esse CD definitivamente após ouvir a música "Out Of The Woods" (a qual eu gostara bastante) mesmo sem ter ouvido às demais e por fim creio que essa foi uma boa compra, visto também que a versão deluxe veio em uma embalagem bem caprichada e com um conteúdo extra: um envelope com fotos.
     Em relação às músicas eu compreendi bem o sucesso da Taylor quando eu vi que ela tem várias colaborações com o Max Martin e o Shellback. Em contrapartida, ela também se "impõe" como a principal compositora das suas músicas, o que eu acho bem legal.
     Ainda estou na fase de ouvir o CD por várias vezes e por enquanto minhas músicas favoritas dele são: "How You Get The Girl", "Out Of The Woods", "All You Had To Do Was Stay" e "I Know Places". Veja mais detalhes desse álbum conferindo as fotos abaixo, para ver o encarte completo dele clique aqui. Até mais.











quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A Pequena Vendedora de Fósforos - Hans Christian Andersen


     Olá! Na postagem de hoje eu decidi trazer um dos livros mais estimados da minha coleção. Na realidade ele está bem velhinho e surrado, mas continua sendo um dos meus livros infantis preferidos: "A Pequena Vendedora de Fósforos", presente na Coleção "No País das Maravilhas", da Editora Record.
     Esse livro chegou até mim do mesmo modo como chegaram alguns outros dessa coleção: de mãe pra filhos, e dentre todos os livros dessa coleção esse é sem dúvida o meu preferido, tanto por causa da história em si, como também pela importância que esse livro teve para o meu processo de alfabetização. Inclusive há várias anotações e rabiscos meus ao longo de suas páginas surradas.
     Creio que o motivo pelo qual essa história tenha me tocado mais do que as outras foi o fato de a personagem provocar um sentimento de empatia muito grande com relação aos seus leitores. Essa história traz as questões da fragilidade, do medo, do desejo e da morte, e o modo como a morte é trazida para essa história como algo ligado a felicidade e libertação é o que mais me encanta, pois traz para uma história infantil uma visão diferente do que é o "morrer". Acho que esse elemento é importante porque eu acho que pensar sobre a morte é importante desde sempre, principalmente porque a meu ver a "cultura dominante" tem sido a de negação da morte.
     Enfim, esse livro me suscita diversas outras questões, mas acho melhor finalizar essa postagem por aqui para não me estender muito. Para acompanhar a história, clique nas imagens abaixo. Até mais.











segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Por uma Vida mais Doce - Danielle Noce


     Olá! Na postagem de hoje eu decidi falar deste livro que é uma preciosidade dentre os últimos lançamentos dos livros de culinária: o "Por uma Vida mais Doce" da Danielle Noce (responsável pelo site "I Could Kill For Dessert" e pelo canal "Danielle Noce" no Youtube).
     Eu acompanho o canal da Dani no YouTube a bem pouco tempo (cerca de um mês, mais ou menos), mas desde que eu a "conheci" eu não consigo mais deixar de acompanhar tudo o que ela posta, primeiro porque eu sou fanático por doces; segundo porque eu adoro cozinhar e vendo os vídeos dela eu já aprendi diversas coisas interessantes sobre o processo de preparação de alguns doces e salgados também.
     Quando o livro "Por uma Vida mais Doce" foi lançado eu fiquei com uma vontade enorme de comprá-lo, mas tinha decidido esperar um pouco por conta do preço meio salgado, contudo, quando eu soube que aqueles que comprassem o livro pelo site da livraria Saraiva tinham a opção de pedir o livro já autografado eu não resisti e acabei fazendo meu pedido.
     Como eu disse anteriormente, valor do livro é um pouco salgado, mas pela qualidade do mesmo eu acho que compensou bastante. Como ultimamente eu tenho andado bem sem grana rs, eu tive que comprá-lo em suaves prestações, portanto, àqueles que se interessam por um bom livro de confeitaria, mesmo que assim como não não estejam dispondo de muito dinheiro, aí vai uma ótima sugestão. Até mais.