sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

100ª postagem: Caixa de Livros


     Olá! A postagem de hoje é especial para mim: é minha centésima postagem aqui no Roger's Stuff!
     Para comemorar esse feito eu decidi trazer para cá o "cenário" no qual quase todas as minhas outras postagens foram feitas: a minha caixa de livros na qual eu guardo a maioria dos meus livros infanto-juvenis.
     Essa caixa é feita de madeira e foi projetada para ser usada com sua abertura para cima (como caixote), eu que resolvi desde o início utilizá-la dessa forma. A uns quatro anos atrás minha mãe ganhou essa caixa (juntamente com uma outra um pouquinho maior, mas com a mesma pintura) de uma das minhas tias, desde então eu me apossei dessa caixa já sabendo que seu destino seria guardar as minhas relíquias de infância que são esses livros.
     Nessa caixa encontram-se alguns gibis, livros de contos que eu ganhei nas minhas escolas ao longo do meu ensino básico, livros contendo pequenas histórias infantis e infanto-juvenis e todos os livros que eu tenho pertencente às coleções "Vagalume" e "No País das Maravilhas".
     Desde o início do blog eu quis fotografar meus objetos sobre essa caixa para que assim eu conseguisse fazer uma certa padronização das postagens, creio que deu certo. Até bem pouco tempo eu também a utilizava como criado mudo, no entanto, atualmente ela tem seu cantinho no meu quarto só para continuar sendo o cenário das postagens que ainda virão no Roger's Stuff. 
     Espero que vocês tenham apreciado essa postagem. Aproveitando o ensejo e o clima de comemoração, eu gostaria de agradecer a todos(as) pelas quase 5.000 visualizações do blog. Muito obrigado!     







quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Prism - Katy Perry


     Olá! Na segunda postagem de hoje eu venho falar sobre o terceiro álbum da Katy Perry: "Prism", lançado no fim de 2013.
      Eu "conheci" e passei a gostar da Katy Perry entre 2009 e 2010, apesar de eu realmente ter me interessado pelo trabalho dela a partir do lançamento do álbum "Teenage Dream" (sobre o qual eu falarei em uma outra ocasião). Sintetizando, de certa forma, a minha opinião sobre ela é que as músicas que ela escreve não tem como dar errado (como no caso da Taylor Swift), ou seja, são músicas já programadas pra serem pegajosas e rentáveis e por isso esse investimento tão grande nesse tipo de música. Digo isso talvez pelo fato de já ter gostado mais do trabalho dela do que eu gosto atualmente.
     Decidi trazer o "Prism" antes dos demais por conta de uma certa "frustração" que eu tive com esse álbum. Eu imaginei que nele a Katy se desafiaria como cantora e compositora, mas a sensação que eu tive ao ouvi-lo foi a de que era mais do mesmo, não que isso seja essencialmente ruim, mas como eu fiz expectativas eu estava sujeito a me frustrar rsrs.
     Dentre as músicas que eu mais gosto nesse álbum estão: "Love Me", "This Moment", "Legendary Lovers" e "It takes Two". Não acho que esse seja um álbum ruim, mas ainda sigo esperando algo mais profundo por parte da Katy. Até mais.






Livro: Joãozinho e os Feijões Mágicos


     Olá! Na primeira postagem de hoje eu venho trazer o último livro pertencente a coleção "No País das Maravilhas" que eu possuo: Joãozinho e os Feijões Mágicos.
     Quando eu era criança eu possuia esse livro assim como a alguns outros livros dessa coleção. Com o tempo o meu exemplar se perdeu e no afã de ainda completar essa coleção eu comprei esse exemplar praticamente novo por cerca de R$40,00 no ano retrasado (creio que no Mercado Livre ou Estante Virtual - já não me lembro).
     Apesar de a autoria dessa história ser comumente atribuída a Joseph Jacobs, esse exemplar não possui o nome do autor em sua lombada. Além disso, o nome da história também foi modificado do tão conhecido "João e o Pé de Feijão" apesar de a história ser a mesma.
     Ainda me lembro de quando eu ainda estava aprendendo a ler e esse livro estava lá presente na minha "mini biblioteca", ainda lamento o fato de eu não ter conseguido cuidar bem do exemplar que eu tinha. 
     Espero que essas minhas postagens acerca dos livros dessa coleção possam ser apreciadas por pessoas que tiveram esses livros e olham para eles com a mesma nostalgia que eu. Gostaria que essas pessoas se manifestassem nos comentários para trocarmos ideias. Seria ótimo. Até mais.