quarta-feira, 29 de abril de 2015

Femme Fatale - Britney Spears


     Olá! Na postagem de hoje eu decidi falar sobre o sétimo álbum de estúdio da Britney Spears, lançado em 2011: o "Femme Fatale".
     Eu comprei esse álbum no próprio mês de lançamento dele e foi um dos álbuns que eu mais escutei em 2011. Acho que foram de cinco a seis meses ouvindo sem enjoar rsrsrs.
     Apesar de ser um álbum muito bom (para o padrão Britney Spears de música), eu considero esse um dos álbuns mais genéricos dela, principalmente por ser composto dos chamados "hits", dos quais ela não participou da composição.
     Essa versão que eu possuo é a versão standard do álbum (a versão deluxe eu ainda não tenho) e foi confeccionada no formato digipack, ou seja, com uma embalagem de papelão ao invés da tradicional capinha de acrílico.
     Dentre as músicas presentes nesse CD as minhas preferidas são "How I Roll", "Gasoline", "Criminal" e "Trouble for Me". (Sendo que essa última me conquistou de vez só após eu ter visto que ela é composição da Livvi Franc *-*).
     Para ver o encarte completo desse CD clique aqui. Acompanhe também mais detalhes dele nas fotos abaixo. Até a próxima postagem!






segunda-feira, 27 de abril de 2015

Florence + the Machine - MTV Unplugged (CD e DVD)


     Olá! Na postagem de hoje eu decidi falar sobre o CD e DVD "Florence + the Machine - MTV Unplugged", gravados no fim de 2011 e lançados em abril de 2012.
     Essa apresentação acústica reuniu covers das músicas "Jackson" e "Try a Little Tenderness" além de músicas dos álbuns "Lungs" e "Ceremonials". Dentre as performances da banda nessa apresentação eu dou destaque para as das últimas músicas: "What the Water Gave Me", ""Shake It Out" e "Dog Days Are Over".
     Quando eu comprei o CD e o DVD juntos (acho que pelo site da Saraiva) eu creio que eles não ficaram nem em R$50,00, o que pela qualidade da música e da apresentação eu não considerei caro.
     Os encartes que acompanham o CD e o DVD são o mesmo, para vê-lo clique aqui. Veja também mais detalhes do CD e DVD clicando nas imagens abaixo. Até a próxima postagem. 

CD

 





DVD





domingo, 26 de abril de 2015

Drowned World Tour 2001 - Madonna


     Olá! Na segunda postagem de hoje eu decidi falar sobre o DVD "Drowned World Tour 2001" da Madonna.
     Esse DVD traz a performance completa da "Drowned World Tour" realizada em Detroit em 2001. Essa turnê tinha o objetivo de divulgar os álbuns "Ray Of Light" e "Music" lançados pela Madonna em 2000 e 2001, respectivamente.
     A meu ver, essa turnê em comparação a outras da Madonna é um pouco fraca, mas não deixa de ter momentos e performances memoráveis.
     Dentre as minhas performances preferidas eu destaco as seguintes: "Impressive Instant", "Mer Girl - Sky Fits Heaven", "Lo que siente la mujer" e a incrível interlude "Paradise".
     Veja abaixo mais imagens desse DVD. Para ver mais informações amplie as imagens clicando sobre elas ou abrindo-as em nova aba/guia. Até a próxima postagem.





ARTPOP - Lady Gaga


     Olá! Na primeira postagem de hoje eu decidi falar sobre o álbum "ARTPOP", lançado pela Lady Gaga em 2013.
     Na época aguardado com muita expectativa, esse álbum, no entanto, acabou mostrando-se não tão exitoso como esperado pelos fãs e pela própria cantora. Além disso eu creio que Gaga enfrentou alguns problemas que acabaram atrapalhando sua promoção.
     Apesar de todas as críticas positivas e negativas que pesaram sobre ele, eu creio ter conseguido "pegar" as mensagens que a Lady Gaga quis passar com suas músicas, por isso, para mim esse foi um dos melhores álbuns de 2013.
     Essa versão que eu trouxe ao blog é a versão deluxe do álbum que inclui um DVD que inclui a performance da Gaga no Itunes Festival de 2013. Dentre as músicas cantadas por ela no festival e as músicas presentes na versão final do álbum, houve algumas mudanças em algumas letras e melodias, sendo que a maior mudança foi na música "I wanna be with you" que virou a música "Dope".
     Dentre as minhas músicas favoritas desse CD eu elenco "G.U.Y", "Gypsy", "Swine", "Mary Jane Holland" e "Applause".
     Para ver o encarte completo dele clique aqui. Até mais.





sexta-feira, 24 de abril de 2015

Circus - Britney Spears


     Olá! Na terceira postagem de hoje eu venho falar sobre o álbum "Circus", lançado pela Britney Spears em 2008.
     Eu comecei a ouvir esse álbum desde a sua época de lançamento, no entanto eu só fui comprar sua versão física no ano de 2009, sendo que essa é a versão standard do CD.
     Em relação às músicas esse álbum supriu todas as minhas expectativas e foi além, tratando-se da Britney, uma vez que ela participou da composição de algumas músicas.
     Dentre as minhas cações favoritas desse álbum estão "Kill the Lights", "Mannequin", "MMM Papi" e "Radar".
     Nessa postagem eu me deterei a apenas essas breves ponderações, uma vez que eu pretendo voltar a falar sobre esse álbum quando eu trouxer para o blog a sua versão deluxe, que eu comprei em apenas em 2013. 
     Para ver o encarte completo desse álbum clique aqui. Até a próxima postagem.






Objeto - Micro System GPX


     Olá! Na segunda postagem de hoje eu decidi falar de um objeto presente há um bom tempo na minha vida: um Micro System da GPX.
     Eu pensei bastante se falar sobre esse objeto aqui no blog seria conveniente ou não, por fim acabei decidindo que era pelo fato de que esse objeto está ligado à muitas memórias da minha infância e adolescência.
     Falando de memórias, eu me lembro que eu o ganhei do "Papai Noel" no natal de 2003, quando eu tinha 9 anos (foi o último presente que o bom velhinho me deu rsrsrs - ah, e também o mais caro que eu já tinha ganhado até então). 
     Eu sempre fui muito ligado à música desde muito cedo, ou seja, eu cresci ouvindo maioria dos artistas sobre os quais eu falo aqui no blog, e cresci ouvindo-os por meio de um Mini System da minha mãe e posteriormente por meio desse Micro System, que eu tinha orgulho de chamar de meu.
     Pode parecer bobo, mas eu nunca havia ganhado presentes muito caros e quando eu ganhei esse presente eu senti uma satisfação tão grande. Era realmente muito importante para mim.
     Claro que na época os CDs que tocavam nele eram todos piratas, vide o preço dos CDs originais que realmente eram/são caros, mas à medida em que minha adolescência foi chegando ele foi ganhando outra função. Na minha adolescência eu passei a ouvir muito rádio e toda vez que passava alguma música legal eu usava o toca fitas para gravar essas músicas e poder escutá-las novamente quando eu quisesse. Sim, eu usava fitas durante a minha adolescência e sim, era maravilhoso!
     Muitas das fitas que eu gravei estão guardadas até hoje com suas músicas tocadas no rádio entre 2006 e 2008.
     Quando outras pessoas que não eu (leia-se irmão folgado) começaram a usá-lo, aí que surgiram os problemas: vários amassados e riscos, a função de leitura de CDs parou de funcionar, o pino que prende a tampa estragou, etc. Foi uma pena. Hoje só funciona a função toca fitas e a função rádio.
     Outra coisa que eu sempre gostei nesse objeto são suas opções de personalização, já que ele veio com as tampas fontal e superior em quatro cores, ou seja, enjoou é só trocar rsrs. Além disso há alguns adesivos que eu colei nele lá pelos idos de 2005.
     Enfim, creio que falar sobre esse objeto é falar de várias das minhas memórias ligadas às músicas que eu ouvia e ouço. Por isso já considero essa uma das minhas postagens favoritas do blog. Veja abaixo mais imagens desse Micro System e de suas opções de cores. Até mais.









Eu sei que não parece, mas essa cor é roxo, e não azul ;)






4 - Beyoncé


     Olá! Na primeira postagem de hoje eu quis trazer ao blog o álbum "4", lançado pela Beyoncé em 2011.
     Eu me lembro que eu ouvi esse álbum assim que ele vazou na internet, meses antes do lançamento oficial, e a minha principal reação foi frustração. Sério, eu só conseguia pensar: "por que???".
     Em relação ao estilo das músicas esse álbum é bem diferente do que eu estava esperando, mas com o tempo eu fui me acostumando a ele e, ouvindo mais, eu fui ficando 'literalmente' viciado à algumas músicas mais específicas.
     Essa versão que eu tenho é a versão deluxe do álbum, por isso há dois CDs. A versão standard eu não cheguei a comprar.
     Depois desses anos terem se passado e depois de eu ter feito e refeito um balanço do que eu gosto e desgosto nesse álbum, hoje eu digo que há algumas músicas nele que me marcaram bastante, dentre elas: "Start Over" (minha preferida), "End of Time", "Countdown", "Lay up Under Me" e "Schoolin' Life".
     Por fim, considero que esse álbum tem seu valor, mas dentre os lançados até hoje pela Beyoncé, esse é o que eu menos gosto. Até mais.


Para ver o encarte completo desse CD clique aqui.





quarta-feira, 22 de abril de 2015

DVDs Superman 1941-1943


     Olá pessoal! Na segunda postagem de hoje eu decidi falar sobre uma das minhas mais recentes aquisições, os DVDs contendo a primeira série de animações do Superman, baseadas nas histórias em quadrinhos da DC Comics e produzida pelos estúdios Fleischer e estúdios Famous durante os anos de 1941 a 1943.
     Essa série possui ao todo dezessete episódios de cerca de 10 minutos cada e que inicialmente foram produzidos para o cinema. Há certas divergências sobre as datas de lançamentos de cada um dos episódios da série, mas considerando as pesquisas que eu tenho feito, o mais provável é que o último episódio tenha sido lançado em 1943 e não 1942 (como até a própria embalagem do DVD já coloca).
     Na minha infância (bem remota mesmo) eu tive uma fita VHS com alguns episódios dessa série e por isso eu assistia muitas e muitas vezes esses episódios. Com o tempo a minha fita se perdeu, mas eu me lembro que esses desenhos foram tão marcantes para mim que até em algumas das minhas brincadeiras eu imitava as ações do Superman, enfim, inocente eu não entendia o conteúdo ideológico embutido nessa produção.
     No ano de 2010 esses episódios tornaram-se de domínio público e assim eu voltei a ter acesso a eles. Ao assistir novamente os episódios que eu já conhecia e assistir pela primeira vez aqueles que até então eu não vira, eu levei um susto. O fato de eu ter levado esse susto foi o que resultou a minha escolha por trabalhar esses episódios como objetos históricos da minha monografia, que por sinal está apenas começando.
     É difícil para mim elencar um episódio favorito dentre os dezessete, por isso eu não farei isso. Entretanto, eu gostaria de dizer que em termos de estética o episódio "A Múmia Ataca" foi o que mais me marcou.
     Para quem tiver interesse/curiosidade, eu já adianto que essa série é facilmente encontrada no YouTube, tanto na versão em inglês, quanto na versão dublada para português e espanhol.
     Veja abaixo mais fotos e detalhes dos DVDs. Até a próxima postagem.